quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Areado sedia Seminário de Ciências Bíblicas




Areado sedia Seminário de Ciências Bíblicas

Nos dias 14 e 15 de outubro, a cidade de Areado foi palco de uma edição do Seminário de Ciências Bíblicas, realizado pela primeira vez em uma cidade do interior do Brasil. Efetuada há mais de uma década, a iniciativa, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), visa contribuir para a ampliação do conhecimento sobre o Livro Sagrado. Para isso, reúne palestras que abordam aspectos sobre tradução da Bíblia e sua história, bem como a aplicação de seus ensinamentos em diferentes setores sociais, na igreja, na família e na escola, entre outros. Na edição em Areado contou com cerca de 180 participantes.

Organizados desde o ano 2000, esses encontros já alcançaram milhares de pessoas. A edição, que aconteceu na Igreja Presbiteriana Independente de Areado, teve cinco painéis, além de espaço para uma sessão de perguntas e respostas.

O grande destaque do curso ministrado foram as palestras proferidas pelo Dr. em Novo Testamento Vilson Scholz, um dos tradutores da Bíblia para a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, trabalho que vem sido feito nos últimos 30 anos.

Vale ressaltar algumas afirmações sobre o Livro que é o mais traduzido e lido de todos os tempos. Regra de fé e de vida dos cristãos, a Bíblia é lida, pregada, discutida e vivida. Sua interpretação deve levar em consideração as distâncias cronológica, geográfica e cultural, enfatizando alguns requisitos básicos a serem atendidos para se interpretar as Escrituras Sagradas, entre os quais acreditar que a Bíblia é a Palavra de Deus. Além do contexto: histórico, gramatical, teológico e prático.

Contudo, a maior discussão que os leigos levantam sobre a Bíblia, diz respeito a sua veracidade e fidelidade aos textos originais. Escrita em hebraico, aramaico e grego, é uma coleção de livros que ficou pronta há mais ou menos dois mil anos. Se hoje os textos originais são traduzidos, cabe perguntar: Como esses textos foram preservados? Com ajuda das Ciências como a paleografia, arqueologia e crítica textual, é possível comprovar que a Bíblia foi transmitida, desde o tempo dos profetas e apóstolos, até os dias de hoje.

Por fim, o curso finalizou-se com amostras de como a modernidade do mundo digital com suas novas tecnologias e mídias vêm contribuindo para a transmissão e estudo do texto bíblico. Um bom exemplo é a criação da Bíblia Digital Glow e a Biblioteca Digital Libronix.

A SBB é uma instituição que tem como maior objetivo divulgar as Escrituras Sagradas no mundo. Hoje, ela se encontra presente em mais países do globo que a própria ONU, distribuindo Bíblias e demais publicações semelhantes através de seus vários projetos sociais, que incluem Bíblia em Braile, Bíblias na tradução em mais de 40 línguas indígenas ou Bíblia nos hospitais e presídios entre outros. A SBB semeia a Palavra que transforma vidas.

Fabiana de Oliveira Ribeiro

Dr. em Novo Testamento Vilson Scholz, um dos tradutores da Bíblia para a Nova Tradução na Linguagem de Hoje

terça-feira, 18 de outubro de 2011

MaTuRidAdE

sábado, 8 de outubro de 2011

ESCOLA ESTADUAL BOLIVAR BOANERGES DA SILVEIRA É DESTAQUE



ALTEROSA – Tem sido muito repercutido pela mídia o baixo desempenho dos alunos do final do Ensino Médio em avaliações como o Enem, por exemplo, que mede as habilidades alcançadas pelo estudante ao longo da sua vida escolar. Tais resultados apenas refletem o defasado sistema educacional brasileiro, que aponta prioridades para o estudante, que passam longe das verdadeiras necessidades que um futuro profissional precisa para desempenhar seu trabalho e também uma verdadeira cidadania.


As más políticas educacionais aliadas à desvalorização dos docentes e desestrutura familiar cada vez mais têm distanciado o jovens do desejo de empenharem-se nos estudos. No entanto, entre tantas más notícias no meio educacional, a Escola Estadual Bolivar Boanerges da Silveira, única de Ensino Médio no município de Alterosa conseguiu destacar-se, mesmo com tantas dificuldades enfrentadas pelas escolas.


No ranking das escolas estaduais que fazem parte da micro região da AMOG, a citada escola ficou em terceiro lugar no desempenho no Enem 2010, com uma diferença mínima em relação ao segundo colocado.


Essa conquista é resultado de um incansável trabalho da equipe pedagógica da escola, que desafia seus próprios limites na tentativa de oferecer o melhor ensino possível a juventude alterosense. Que esses resultados possam motivar ainda mais os jovens da cidade a estudar e valorizar a escola e professores que têm.


Posição no Ranking nacional:


4320º -   São Sebastião do Paraíso- E.E. Benedito Ferreira – média de pontos: 582,82


5111º- Guaxupé – E.E. Dr. Benedito Leite Ribeiro – média: 572,32


5195º - Alterosa – E.E. Bolivar Boanerges da Silveira – média: 571,33


6028º - Botelhos- E.E. João de Souza Gonçalves – média: 563,09


6234º - Conceição da Aparecida – E.E. Pr José A. Panucci- média: 561,24


6343º - Monte Belo – E.E. Frei Levino – média: 560,34


6616º - São Sebastião do Paraíso – E.E. Ana Cândida de Figueiredo – média: 557,83


6723º- Arceburgo – E.E. Cel. LucasMagalhães – 556,97


7145 –Guaxupé – EE Dr André Cortez – 554,08


7553º - Bom Jesus da Penha – EE Cel A. Domingos Ribeiro- 551,62


7676º - Nova Resende – EE Prof. Caio Alburquerque – 550,77


7803º - Jacuí – EEProf. Maria Leonor Nasser – 549,76


8195º - S.S. Paraíso – EE. Paula Franssinetti – 547,46


8395º - Areado – EE. João Lourenço – 546,19


8497º - Guaranésia – EE. Alice Autran – 545,58


8529º - Itamoji – EE. José Soares de Araújo – 545,4


8564º - Muzambinho – EE. Prof. Salatiel deAlmeida – 545,21


9595º - Monte Santo de Minas – EE.Américo de Paiva – 539,06


11920º - S.S Paraíso – EE. Clovis Salgado – 526,88


13323º - Cabo Verde – EE. Prof. Pedro Saturnino Magalhães – 519,98


14450º - Botelhos – EE. Afonso Romão de Siqueira – 513,91


16391º - São P. da União – EE. Cel . João Ferreira Barbosa – 201,98
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget